Cabo do CP-450

 ZX81 logo faixa p&b

CABO PARA CONEXÃO DO CP-400 AO MÓDULO DE DRIVE CP-450

 

 

Um dos periféricos um tanto quanto raro, e também muito desejado, na época e até hoje, é o módulo de disk-drives para o CP-400, o CP-450 da Prológica. A despeito do tamanho exagerado e "desengonçado" dele, não deixa de ser um item interessante!

 

Eu acabei conseguindo, à alguns anos atrás, um módulo desses, história que rendeu até uma "saga", eu contei, à época, em algumas das lista de discussão que eu assino, porém, o problema é que ele veio SEM o cabo de conexão do CP-400 ao CP-450. E ai tinhamos um problema... o cabo poderia ser facilmente confeccionado, é um cabo de 40 vias, porém, o grande problema era: qual a pinagem do cabo? Eu pressupus que o cabo fosse "pino-a-pino", pois acho que não faria muito sentido ficar fazendo muitos "malabarismos" na placa de conexão pra ficar trocando os sinais de lugar. Mesmo assim, ainda daria pra ficar com a "pulga atrás da orelha". Por conta disso, acabei "desencanando" um pouco do CP-400/CP-450, até porque, ainda que eu ache a linha TRS-Color interessante, não é das minhas favoritas.

 

Tempos depois o amigo Oscar Arthur Koepke, participante de várias listas e amante também das máquinas de 8 bits, me contatou e enviou-me emprestado o cabo original da Prológica do CP-450, para que eu pudesse ver como era a pinagem, e mais, permitiu que eu abrisse o conector para ver como era. Devo agradecer ao Oscar pela gentileza, e muito!

 

Assim, este artigo descreve como é o cabo de conexão do CP-400 <-> CP-450, com o que permite que seja construído outros cabos, quando se fizer necessário, além de ficar devidamente documentado. Eu quase acertei: o cabo é 99% "pino-a-pino", porém, há dois pinos não-conectados (um de cada lado), e mais 2 resistores no cabo, conectando outros pinos. Porém, no geral, é bem simples e não há dificuldade na construção do cabo.

 

Vamos lá então: primeiro uma foto do cabo, frente e verso, aberto, com a placa interna exposta:

 

Cabo completo, lado superior

 

 

Cabo completo, lado inferior

 

 

O cabo usa um conector "bizarro" para conexão à placa, poderia ter usado um conector IDC comum, mas,talvez esse tipo de conector era mais comum/barato/prático, à época.

 

Bem, depois de analisar as ligações, cheguei ao padrão da pinagem dele, e desenhei o esquema, para ficar mais fácil e prático de visualizar, e usar, no caso de confecção de novo cabo. Segue abaixo, portanto, o esqueminha do cabo:

 



Esquema do cabo de conexão CP400-CP450. Atente para os lados respectivos. Os resistores são de 150Ω, 1/4 watt. A numeração dos pinos segui a pinagem do conector do CP-400, cuja descrição encontra-se na seção "Pinagens" aqui do site, clique aqui para ir direto pra lá.

 

 

 

Uma opção interessante para a confecção do cabo é utilizar um cabo de HD IDE, desses comuns de PC, pois, o cabo tem - feliz coincidência - exatas 40 vias. Resta apenas fazer uma pequena placa dupla-face para ligar o cabo, respeitando o diagrama acima e não esquecendo das ligações com os resistores.

 

E, para ajudar, abaixo coloco fotos em "close" de ambas as placas do conector:

 

Foto em "close" da placa do cabo, do lado que vai conectado no CP-400, lado que fica para cima no conector.

 

 

 Foto em "close" da placa do cabo, do lado que vai conectado no CP-400, lado que fica para baixo no conector.

 

 

 

 

 

Foto em "close" da placa do cabo, do lado que vai conectado no CP-450, lado que fica para cima no conector.

 

 

 Foto em "close" da placa do cabo, do lado que vai conectado no CP-450, lado que fica para baixo no conector.

 

 

 

 

Enfim, não tem muito segredo não, basta seguir o esquema e, em caso de dúvida, o layout das plaquinhas, que tudo deve dar certo.

Espero que isso ajude a quem conseguir um módulo desses e não tenha o conector.

 

Novamente, quero deixar o agradecimento ao amigo Oscar Arthur Koepke, que não só disponibilizou o cabo e me enviou, como permitiu que eu abrisse as caixinhas do conector, que são coladas, não se importando se houvesse algum dano. Graças a um trabalho cuidadoso e com calma, eu consegui abrir as caixinhas com dano absolutamente mínimo, ele nem vai perceber!  ;-)  Valeu, Oscar!

 

E ai está, pessoal, bom divertimento a todos!

 

 

Dúvidas ? Sugestões ? Escreva-me !

Gostou? Comente!

 

 

Acessos: 572

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar